2- Ar-ridah (Renúncia ou Reversão)

“E quem de entre vós renunciar a sua religião e morrer descrente as suas obras serão inúteis neste mundo e no outro, esses serão condenados ao fogo e nele permanecerão”. (2: 217)

A renúncia concretiza-se cometendo alguma coisa que inutiliza a crença. Eis algumas:

a) Renúncia pelas palavras: blasfemar de Allah, dos seus Anjos, de algum entre os seus mensageiros, intitular-se conhecedor do oculto, intitular-se falsamente ser um profeta, crer em alguém que se intitula falsamente como profeta, invocar alguém além de Allah ou pedir a alguém socorro naquilo em que ninguém tem possibilidades senão Allah.

b) Renúncia pelas acções: adorar ídolos, árvores, pedras, o sol, a lua, o fogo, a campa (túmulos), etc. Também praticar feitiçaria, ensiná-la e aprende-la, instituir uma legislação anti-divina (não sendo de Allah) crendo na sua legitimidade.

c) Renúncia pela crença: acreditar que Allah possui parceiros, crer que o adultério, as bebidas alcoólicas, os juros são lícitos ou que o salah e o zakat não são obrigatórios.

d) Renúncia pela dúvida: por exemplo, duvidar acerca da proibição do feitiço, do adultério ou das bebidas alcoólicas, assim como duvidar da profecia de Muhammad (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), da profecia dalgum entre os mensageiros de Allah e duvidar da veracidade deles.


Unicidade e Luz
Explicando o Islam de forma clara e simples