Relacionamento Online – É Bom ou Ruim?

Palavras de Aconselhamento » Relações Interpessoais

É uma bênção de Deus para conosco possuir essas tecnologias de hoje que, se usadas adequadamente, nos facilitam em muitas formas a comunicação e interação licita.

A Internet, com seus inúmeros recursos – como o Messenger , fóruns online, entre outros – tem proporcionado aos jovens muçulmanos, homens e mulheres, uma maneira fácil de conhecer uns aos outros e a troca de idéias. Não há nada errado nisso, contanto que tudo seja feito com conhecimento dos pais e de sua completa supervisão. Enquanto nossas conversas estão em conformidade com os ditames e as etiquetas da Lei Islâmica, então permanece sobre a decisão do padrão de legalidade.

O Alcorão nos fornece as regras gerais a serem aplicadas quando homens e mulheres conversam uns com os outros [significado em português]: “Então não mostreis sedução [nas palavras]; pois aquele em que cujo coração há enfermidade [anseio erótico] cobiçará, e falai convenientemente”. [Surah Al-Ahzab 33: 32].

Esta é uma evidência de que a conversação por si só é lícita entre homens e mulheres. E que fique claro que o Alcorão não fornece regras ou orientações para que se faça algo ilícito!

No entanto, a conversa frequente pode levar homens e mulheres solteiros a começarem gostar um do outro. Seus corações podem ficar conectados. Isso faz parte da nossa natureza humana que Allah colocou em nós. Faz parte da nossa composição. É ingênuo pensar o contrário e um erro pensar somente que ele ou ela é forte o suficiente e que irá resistir a tudo isso. Ninguém esta imune.

As pessoas diferem apenas em duas coisas: o seu grau de integridade moral que exerce quando confrontados com uma situação, e as decisões que elas tomam.

Isso nos leva ao que deve ser feito quando dois muçulmanos se encontram e se apaixonam online. Eles têm duas opções:

1. Eles podem decidir interromper todas as comunicações entre si quando perceberem que um grande apego emocional tenha começado entre eles, cortando assim o mal pela raiz.

2. Podem começar a tomar as medidas práticas e legais com as suas famílias ao perceber seus sentimentos de uma forma licita.

Em ambos os casos, é ilegal para eles, islamicamente, desenvolver e buscar um relacionamento romântico sério online, uma vez que persistindo nele irá causar grande  aumento no desejo de ambos, tornando-se assim cada vez mais forte até que afete sua capacidade de raciocinar e tomar decisões sensatas. Muitos escândalos têm acontecido hoje. Muitas mulheres se tornaram vítimas de homens sem escrúpulos. Por muito menos, o casal poderia desenvolver vínculos emocionais graves que nunca poderiam corresponder de forma lícita por meio de um casamento feliz, devido à disparidade no desenvolvimento da vida social, sua aparência, a possibilidade da reprovação de seus pais, ou algum outro obstáculo.

Portanto, uma vez um homem e uma mulher interajam entre si através da Internet e acham que ambos estão emocionalmente atraídos, eles devem fazer o que é correto e adequado. O jovem deve de antemão conversar com a família da mulher e solicitar-lhes permissão para contrair matrimonio de acordo com o costume local. Desta forma, o futuro de seu relacionamento será determinado de acordo com a moral e as regras do Islam.

Se a houver aceitação da família, nesse caso elogiamos Internet, que atuou como meio para um casamento islâmico saudável e correto. Ou a proposta de casamento, após a devida consideração, embora seja rejeitada, a razão ainda reinará suprema.

Portanto, o casamento que resulta de um contato inicial através da Internet, pode ter êxito ou não. Isto depende de como as duas pessoas se comportam desde o início. A forma de como conduzem o assunto após o interesse inicial de ambos, faz toda a diferença no final das contas.

E Allah sabe mais.


Unicidade e Luz
Explicando o Islam de forma clara e simples