A Cura para a Auto-admiração

Imam Ibn Al-Qayyim [rahimahullaah] relata em Al-Fawaa-id que Ibn Sad [rahimahullaah] menciona em At-Tabaqaat sobre Umar ibn Abdul Aziz [rahimahullaah] que:

“Sempre quando dava uma khutbah [sermão] no mimbar [púlpito] e temia sua auto-admiração; ele terminava [a khutbah].
E sempre quando escrevia uma carta e temia a auto-admiração por meio dela; ele a rasgava.
E dizia: “Ó Allah! Busco refugio em TI do mal de meu nafs [ego]”.

Fonte: Al-Fawaa-id pelo Imaam Ibn Al-Qaiim, página: 225.


Unicidade e Luz
Explicando o Islam de forma clara e simples