50 maneiras de buscar a recompensa de Allah e o perdão dos pecados

Louvado seja Allah Senhor do Universo, a paz e as bênçãos estejam com o mais nobre dos Profetas e Mensageiros.

Esta mensagem é dirigida a todo muçulmano que e não associa nada junto a Allah, tendo o objetivo maior de deixar este mundo com todos os pecados perdoados por Allah, não sermos perguntados por eles no dia do Juízo, para que assim possamos entrar no paraíso eternamente.

Este artigo é um guia pratico de 50 conselhos para aquele que busca a recompensa de Allah e o perdão de seus pecados. Pedimos a Allah que aceite as nossas ações, pois ELE é quem tudo ouve e tudo vê.

1) O arrependimento

“Quem se arrepende antes que o sol saia do ocidente, Allah aceita seu arrependimento”. Muslim 2703.

“Allah, o Todo-Poderoso, aceita o arrependimento do servo enquanto sua alma não tenha chegado à garganta [a morte]”.

2) Sair em busca do conhecimento

“Quem empreende o caminho em busca do conhecimento, Allah lhe facilita o caminho até o paraíso”. Muslim 2699.

3) Recordar de Allah

“Quereis que vos informe qual é a melhor de vossas ações, a mais pura ante vosso Soberano, a mais elevada em graus, melhor do que enfrentar o inimigo? Disseram: Sim. Respondeu: A recordação de Allah”. At-Tirmidhi 3347.

4) Fazer boas ações e mostrar o caminho do bem

“Todo favor é uma caridade e quem incentiva a fazer uma boa ação é como se a tivesse feito”. Al-Bukhari 10/374, Muslim 1005.

5) As virtudes da D’aua

“Quem convida para a guia correta, terá a recompensa igual aquele que a segue sem diminuir absolutamente nada a recompensa dele”. Muslim 2674.

6) Estabelecer o bem e proibir o mal

“Quem de vocês enxergar um mal, que o mude com sua mão, quem não consiga, que o faça com sua palavra e quem não consiga, que rejeite com seu coração sendo que esta é a expressão mais fraca da fé”. Muslim 49.

7) Recitar o Alcorão sagrado

“Recitai o Alcorão, pois será um intercessor no dia do juízo para seu povo”. Muslim 804.

8) Aprender [decorar e entender] o Alcorão sagrado e ensiná-lo

“O melhor dentre vocês é aquele que aprende o Alcorão [decora e entende] e logo o ensina”. Al-Bukhari 9/66.

9) Saudar os irmãos dando Salam [paz]

“Não entrarás no paraíso até que acrediteis, e não acrediteis até que vos ameis. Quereis que vos indique algo que se o colocardes em pratica vos amareis? Cumprimente com Salam uns aos outros”. Muslim 54.

10) Nos amarmos por Allah

“Allah, Louvado seja, dirá no dia do juízo final: Onde estão os que se amaram por mim? Hoje os colocarei sob minha sombra, e neste dia não haverá outra sombra alem da Minha”. Muslim 2566.

11) Visitar os doentes

“Não existe um muçulmano, que visite pela manha o seu irmão muçulmano enfermo, sem que setenta mil anjos peçam as bênçãos por ele até o anoitecer. E se o visita a noite, outros setenta mil anjos pedem por ele até o amanhecer e terá um jardim no paraíso”. At-Tirmidhi 969.

12)- Ajudar as pessoas na Fe*

“Quem socorra uma pessoa em dificuldades, Allah facilitará seus assuntos nesta vida e na outra”. Muslim 2699.

13) Esconder os defeitos dos demais

“Se um servo encobre os defeitos de seu irmão, Allah encobrirá teus defeitos no dia do juízo final”. Muslim 2590.

14) Fortalecer os laços familiares

“Os laços familiares estão ligados ao Trono Divino. Quem mantenha unidos esses laços, se manterá unido a Allah, e quem romper estes, romperá seus laços com Allah”. Al-Bukhari 10/350, Muslim 2555.

15) O bom caráter

Foi perguntado ao Mensageiro de Allah [que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele] sobre o que se pode fazer para que as pessoas entrem no paraíso. Ele respondeu: “O temor de Allah e o bom caráter”. Al-Tirmidhi 2003.

16) A sinceridade

“Sejam sinceros, pois a sinceridade conduz a benevolência, e a benevolência conduz ao paraíso”. Al-Bukhari 10/423, Muslim 2607.

17) Controlar-se ante a raiva

“Quem se controla no memento de ira podendo revidar, Allah o chamará diante de toda criação no dia de juízo final e deixará que escolha dentre as huries que deseje”. Al-Tirmidhi 2.22.

18) Pedir perdão pelas criticas e insultos ditos em uma reunião

Quem sentar em uma reunião onde se pronunciam criticas e insultos e diz antes de se retirar: “Glorificado e Louvado sejas Ó Allah, Testemunho que não existe outra divindade salvo Tu, a Ti peço perdão e me arrependo” – será perdoado.

19) A paciência

“Toda enfermidade, dor, preocupação, tristeza, prejuízo ou desgraça que sofre o muçulmano, inclusive o fincar da ponta de um espinho, Allah lhe perdoará os pecados”. Al-Bukhari 10/91.

20)  A benevolência com os pais

“Que ruim, que detestável, que terrível. Perguntaram: Quem ó Mensageiro de Allah? Disse ele: Aquele que tem um de seus pais ou os dois, que ao chegar à velhice não obtém o paraíso cuidando deles”. Muslim 2551.

21) Ajudar as viudas e os necessitados

“Quem se ocupe das viúvas e dos necessitados, seu esforço é equivalente a quem reza e jejua permanentemente”. Al-Bukhari 10/366.

22) Cuidar dos órfãos

“Eu e aquele que cuida dos órfãos, estaremos no paraíso assim” [assinalou com o dedo indicador e médio juntos]. Al-Bukhari 10/365.

23) A ablução

“Quem realize a ablução corretamente, os pecados abandonaram seu corpo e até mesmo, o que esta debaixo de suas unhas”. Muslim 245.

24) Pronunciar o testemunho de fé logo após fazer a ablução

“Quem realize corretamente a ablução e logo diga: Testemunho que não há outra divindade exceto Allah, o Único sem associados. Testemunho que Muhammad é Seu servo e mensageiro”. Lhe serão abertas as portas do paraíso podendo entrar em qualquer uma que deseje”. Muslim 234.

25) Fazer uma súplica logo após o chamado da oração [adhan]

“Quem diz logo apos o chamado da oração [adhan]: Ó Allah! Senhor deste chamado perfeito, a oração esta por começar, concede a Muhammad Teus favores e Al-Uasilah [um lugar no paraíso] e o lugar que tens reservado. Lhe será concedida intervenção de Muhammad no dia do juízo”. Al-Bukhari 2/ 77.

26) Construir uma mesquita

“Quem constrói uma mesquita com o desejo de agradar Allah, lhe será construída um casa no paraíso”. Al-Bukhari 450.

27) Escovar os dentes com o Miswak

“Se não considerasse isso pesado demais para minha nação, lhes haveria ordenado que usassem o Misuak antes de cada oração”. Al-Bukhari 27/331, Muslim 252.

28) Ir a mesquita

“Quem vai para a mesquita pela manhã ou pela tarde, Allah lhe reservará um lugar no paraíso”. Al-Bukhari 2/124, Muslim 669.

29) Fazer as cinco orações

“Todo muçulmano que vai a uma oração prescrita, faça corretamente a ablução e realize a oração com concentração; será para ele expiação de seus pecados, se eles não forem dos grandes, deste modo e para sempre”. Muslim228.

30) Fazer no seu tempo devido a oração da alvorada  [Fajr] e a oração da tarde [‘Asr]

“Quem realize as orações da madrugada e da tarde [em seu devido horário], entrará no paraíso”. Al-Bukhari 2/43.

31) Fazer a oração de sexta na mesquita [jumu’a]

“Quem realize corretamente a ablução, se dirija para realizar a oração de sexta, escute o sermão e fique em silencio. Lhe serão perdoados os pecados dentre esta sexta e a anterior”. Muslim 857.

32) O horário em que são respondidas as suplicas na sexta

“Na sexta existe um horário no qual, se o servo muçulmano se encontra rezando ou suplicando a Allah, [sua suplica] será concedida”. Al-Bukhari 2/344, Muslim 852.

33) Realizar uma oração [voluntária] depois de cometer um erro

“Aquele servo que comete um pecado, logo realiza a ablução corretamente, reza uma oração [duas raka’at] e pede perdão para Allah, será perdoado”. Abu Daud 15521.

35) Orar a noite

“A melhor dentre as orações logo depois das obrigatórias, é a que se realiza na parte da noite”. Muslim 1163.

36) A oração do meio da manhã [Duha]

“Todos os dias, cada falange do Corpo deve fazer uma caridade. Assim sendo, a glorificação [dizer subhana Allah] é um caridade, cada louvor e testemunho da unicidade divina [dizer alhamdulillah ua La ilaha ila Allah] também é uma caridade, cada engrandecimento de Allah [dizer Allahu akbar], da mesma forma que ordenar o bem e proibir o mal. Uma oração [duas raka’at] no meio da manhã [salat duha] equivalem a todos estes atos de caridade”. Muslim 720.

37) Pedir as bênçãos pelo Profeta [que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele]

“Quem pede as bênçãos por mim, Allah o abençoará por isso dez vezes”. Muslim 384.

38) O jejum

“O servo que jejua um dia pela causa de Allah, Allah o afasta do fogo [do inferno] por setenta anos”. Al-Bukhari 6/35, Muslim 1159.

40) O jejum do mês de Ramadan

“Quem jejua o Ramadan com fé e esperança na recompensa divina, lhe serão perdoadas as suas faltas”. Al-Bukhari 4/221, Muslim 760.

41) Jejuar seis dias no mês de Shauual

“Quem jejua o mês do Ramadan e logo os seis dias de Shauual, será o mesmo que ter jejuado toda sua vida”. Muslim 1164.

42) Jejuar no dia de Arafat

“O Jejum no dia de Arafat serve de expiação para os pecados do ano anterior e deste ano”. Muslim 1162.

43) O jejum do dia de ‘Ashurah

“O jejum de ‘Ashurah é para que Allah perdoe as faltas do ano anterior”. Muslim 1162.

44) Dar de comer ao jejuador

“Quem dá de comer a um jejuador obterá a recompensa de ter jejuado, sem diminuir em nada a recompensa do jejuante”. At-Tirmidhi 807.

45) Rezar durante a noite do decreto

“Quem reza durante a noite do decreto com fé, esperando ser recompensando por ele. Lhe serão perdoados os pecados”. Al-Bukhari 4/221, Muslim 1165.

46) Fazer caridade

“A caridade apaga os pecados tal como a água apaga o fogo”. At-Tirmidhi 2616.

47) A peregrinação maior [Hajj] e a menor [Umrah]

“Realizar a ‘Umrah é expiação dos pecados entre essa ‘Umrah e a anterior. E a peregrinação aceita por Allah não tem outra recompensa se não o paraíso”. Muslim 1349.

48) As boas ações realizadas nos primeiros dez dias de Dhul Hijja

“Não existem outros dias em em que se realizam boas ações que sejam mais amados por Allah do que os dez primeiros dias de Dhul Hijja. Perguntaram-lhe: Nem sequer combater pela causa de Allah? Respondeu: Nem sequer combater pela causa de Allah, exceto no caso de uma pessoa que saia para combate expondo sua pessoa, contribuindo com seus bens e morrendo no caminho”. Al-Bukhari 2/381.

49) Lutar por uma causa justa

“Um dia de esforço na causa de Allah é melhor que o mundo inteiro e tudo que há nele. E uma marca no paraíso é melhor que o mundo inteiro e tudo o que existe nele”. Al-Bukhari 6/ 11.

50) Realizar a oração pelo defunto e seguir o seu cortejo

“Quem assiste um funeral e ore pelo falecido, obterá um qirat de recompensa. E quem participa até seu enterro obterá dois qirat. Perguntaram: O que representa dois qirat? Respondeu: São como duas grandes montanhas de recompensas”. Al-Bukhari 3/158, Muslim 945.

Queira Allah conceder-nos a sinceridade na busca da complacência e a recompensa de Allah através de nossas ações.

Que a paz e as bençãos de Allah estejam com o Profeta Muhammad, sua família, seus companheiros e seguidores até o dia do Juízo Final.


Unicidade e Luz
Explicando o Islam de forma clara e simples