O que teria de especial este homem tão famoso?

Al-Qasim bin Muhammad disse:

“Estávamos em uma viajem com Ibn Al-Mubarak, e eu sempre perguntava a mim mesmo: ¿O que teria de especial este homem tão famoso? Si ele reza, nós também rezamos. Se jejua, nos também jejuamos. Se luta, nós também lutamos. Se ele fez o Hajj, também o fizemos. Uma noite, ficamos em uma casa de viajantes na rota do Shaam. A lamparina se apagou e alguns de nós acordaram. Assim que ele tomou a lamparina e apareceu a luz, logo saiu ficando fora por algum tempo. Quando voltou com a lamparina, pude ver o rosto de Ibn Al-Mubarak e vi que sua barba estava molhada com suas lagrimas. Disse a mim mesmo: “Esse temor a Allah é o que fez esse homem ser melhor do que nós. Quando a luz se foi e retornou a escuridão, se recordou do dia da Ressurreição”.


Sifat as-Safuah’ (2/330)


Unicidade e Luz
Explicando o Islam de forma clara e simples