Nono Ensinamento

A declaração do at tashahud.

Attahiatu lilliahi wa salawatu, wa taibatu assalamu ‘alaika, aiu’ hannabiu wa rrahmatullahi wa barakatuhu, assalamu ‘alaina wa ‘ala ibadillahi assalihin.

Ash-hadu an la ilaha illa Allahu, wa ash-hadu anna Muhammadan ‘abduhu wa rasuluhu.

Allahummma salli ‘ala Muhammadan, wa ‘ala ali Muhammadan, kama sallaiat ‘ala Ibrahima, wa ‘ala ali Ibrahima, innaka hamidun majid.

Allahummma barik ‘ala Muhammadan, wa ‘ala ali Muhammadan, kama barakta ‘ala Ibrahima, wa ‘ala ali Ibrahima, innaka hamidun majid.

Tradução:

As saudações são para Allah, assim como as bênçãos e boas obras. A paz esteja contigo Oh Profeta! Assim como as graças  de Allah e Suas Bênçãos. Que a paz esteja conosco e com os virtuosos servos de Allah.

Testemunho que não há outra divindade a não ser Allah, e que Muhammad é Seu servo e Mensageiro.

Oh Allah! Abençoe com tua graça a Muhammad e a família de Muhammad com abençoaste de graça a Abraão e a família de Abraão.

E abençoe a Muhammad e a família de Muhammad com abençoaste a Abraão e a família de Abraão, em todo o Universo, Tu és o digno de louvor e glorificação.

Logo após o ultimo tashahud, se busca refugio em Allah do castigo do Inferno e das atribulações da tumba, e da tentação e prova da vida e da morte, e da tentação e prova do falso Messias (Masih Ad Dajjal).

Logo podem se fazer suplicas, embora seja preferível pronunciar as dadas pelo Profeta de Allah (que a paz de Allah esteja com ele):

“Allahumma inni a’udhu bika mim ‘adhabi jahannam,
wa a’udhu bika mim adhabil qabri,
wa mim fitnatil mahiaia,
wa fitnatil mamati,
wa fitnatil masihid-dajjal”.

Tradução:

Oh Allah! Em ti busco proteção do tormento do inferno, a tribulações da tumba, a provas desta vida e da morte, e da sedição do falso Messias (Al Masih Ad Dajjal).


Também:

“Allahuma a’ni ’ala dhrikrika,
wa shukrika,
wa husni ’ibaadik,
allahummma inni dhalamtu nafsii dhulmaan kaziran,
wa la iaghfiru addhunuba ila anta faghfirli maghfirata mim ’indika,
wa arhamni innaka anta al ghafuuru ar rahim”.

Tradução:

“Oh Allah! Tenho sido injusto comigo mesmo, e nada senão Tu és quem absolve os pecados. Concede-me de tua parte absolvição e misericórdia. Tu és Absolvedor, Misericordioso”.


Unicidade e Luz
Explicando o Islam de forma clara e simples