Preparando-nos para a Outra Vida

Palavras de Aconselhamento » Devoção e Piedade

Louvado seja Allah nos disse [significado em português]: “E para quem teme a preeminência [supremacia] de seu senhor, haverá dois Jardins [no Paraíso]”. [Surah Ar-Rahman 55: 46].

Que Allah conceda Sua paz e bênçãos ao Seu Mensageiro, que disse: “Se você soubesse o que eu sei, iria rir pouco e chorar muito. [Sahih Al-Bukhari nº: 4621, 6486, 7295 e Sahih Muslim º: 2359], e que Allah esteja satisfeito com os companheiros que choraram quando ouviam este Hadith.

É justo que tenhamos medo do dia que todos nós teremos de enfrentar. O Dia da Ressurreição é um dia de angústia e profundo pesar. Será um dia longo e ameaçador, Dia em que toda a humanidade estará diante de seu Senhor. Nesse dia, o medo fará a mulher grávida abortar. As pessoas estarão como se estivessem bêbados, porém elas não estarão bêbadas. Allah fará com que eles fiquem nesse estado devido a severidade do castigo desse Dia. Nesse dia, o medo vai fazer que o cabelo das crianças se torne grisalho.

Devemos seriamente começar a nos preparar para esse dia, pois é a encruzilhada na longa viagem da nossa existência. De lá, iremos para o Paraíso ou para o Inferno. Aqueles que entrarem Paraíso morarão lá por toda a eternidade tendo a felicidade perpétua e o prazer, enquanto aqueles que forem para o Inferno enfrentarão a tortura, e os habitantes do Inferno encontrarão a sua angústia por toda eternidade também.

Devemos, no entanto, ter uma visão otimista em respeito a nosso Senhor. Sua misericórdia é verdadeiramente enorme para aqueles que Nele crêem e adoram com sinceridade, e estes serão privados de Sua ira. O Profeta [que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele] nos disse que Allah é mais misericordioso para conosco do que uma mãe dedicada ao seu filho recém-nascido. [Sahih Al-Bukhari nº: 5999 e Sahih Muslim nº: 2754].

O medo que temos do Dia da Ressurreição deve motivar-nos a ser mais dedicado na adoração e mais dispostos para praticar boas ações. Devemos orar e jejuar com mais freqüência e renovar nossos esforços para fazer a peregrinação. Devemos ser bons para nossas famílias e mostrar a bondade aos nossos pais. Há muitas maneiras diferentes de fazer bem.

Esse mesmo medo deve nos ajudar a evitar atos pecaminosos e desobediência à Allah. Esse medo, então, terá realmente um efeito positivo sobre nós. Não é um medo negativo que nos fará inativos e desesperados da misericórdia de Allah.

As seguintes atividades são muito úteis para ajudar e preparar um muçulmano nesse terrível dia [significado em português], “Um dia, em que eles ficarão expostos [no Dia da Ressurreição]. Não se esconderá de Allah coisa alguma deles”. [Surah Ghâfir 40: 16].

1. Devemos ler o Alcorão e contemplar seus significados. Devemos considerar suas decisões e valorizar as benesses que ele nos promete, bem como a avisos que ela nos dá.

2. Devemos ler sobre a vida do Profeta [que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele]. Devemos estudar a forma como ele se conduziu na obediência a Allah e como ele se absteve dos excessos nos prazeres mundanos.

3. Deveríamos também ler as biografias dos companheiros e daqueles que os seguiram depois e ver como eles se esforçavam para alcançar o sucesso na vida futura.

4. Devemos contemplar frequentemente a inevitabilidade da morte. Devemos estar conscientes das prévias que se seguem no túmulo e durante a ressurreição. Devemos nos visualizar diante de Allah, o mais Escrupuloso e Justo dos juízes. Devemos pensar sobre a ponte que teremos de atravessar para atingir salvação, uma ponte a partir da qual muitos vão escorregar e cair para a destruição. Devemos pensar na alegria que será vivida pelo povo do Paraíso e o sofrimento e a tristeza dos habitantes do Inferno.

Precisamos sempre ter em mente que a morte pode vir a nós a qualquer momento. Como queremos conhecer nosso Senhor? Queremos fazê-lo em um estado de graça e obediência ou gostaríamos de fazê-lo comprometidos com o pecado? Ibn ‘Umar diz-nos que a profeta [que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele] uma vez colocou a mão em seu ombro e disse-lhe: “Seja no mundo como se você fosse um viajante ou um estranho que passa”. Devido a isso, Ibn ‘Umar costumava dizer: “Quando a noite cai, não anseie pelo amanhecer e quando o dia desponta não antecipe o anoitecer. Aproveite o maximo a sua saúde antes que você sucumba ante a enfermidade e de sua vida antes que a morte o surpreenda”. [Sahih Al-Bukhari nº: 6416].

5. Precisamos estudar seriamente para aquisição conhecimentos islâmicos. Quando adquirimos mais conhecimento de nossa religião, nos tornamos mais conscientes de Allah e mais temente a Ele. Allah diz [significado em português]: “Dize: Acaso igualam-se os que sabem e os que não sabem? Apenas, meditam os dotados de conhecimento”. [Surah Az-Zumar 39: 9].

6. Devemos estar na companhia pessoas piedosas, especialmente aquelas que possuem conhecimento islâmico correto e aquelas que se dedicam a chamar outras pessoas para o Islam. Da mesma forma, devemos evitar a companhia dos pecadores e dos inescrupulosos. A boa companhia nos ajuda a purificar nossos corações. Também encontramos o apoio em tais pessoas para nossos esforços em fazer o que é certo. Em contrapartida, as más companhias endurecem nosso coração. Pessoas imorais incentivam-nos a fazer coisas imorais. Além disso, quando nosso coração se torna endurecidos, tornamo-nos muito longe de Allah e mais apegado às coisas mundanas.

7. Devemos ter sempre em mente que este mundo é um lugar transitório. Aqueles que desfrutam os prazeres deste mundo não serão capazes de levar esses prazeres consigo. Terão somente suas ações para enviar antes deles. Allah diz [significado em português]: “Um dia, cada alma encontrará presente o que fez de bem e o que fez de mal; ela almejará que haja longínquo termo entra ela e ele [o mal cometido pela alma]. E Allah vos adverte dEle. E Allah, é Perdoador, Misericordiador”. [Surah Al-‘Imran 3: 30].

Não importa quão grande esse mundo possa nos parecer, ele é na verdade bastante insignificante. Não importa o quão duradouro que possa parecer agora, é tão rápido quanto uma noite que termina em outro nascer do sol. Nossa vida mundana chegará ao seu fim no túmulo.

O Profeta [que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele] disse: “A vida deste mundo em relação ao outro é como se um de vocês colocasse o dedo no oceano e o tirasse, então compare a água que permanece no seu dedo com a água que permanece no oceano”. [Sahih Muslim nº: 2858].

8. Por último, devemos gastar mais tempo nas súplicas sinceras ao nosso Senhor. Devemos pedir-Lhe para fazer que a outra vida seja mais querida para nós e nos tornar menos apegados a este mundo. Devemos rogar-Lhe que nos conceda o Paraíso com todos os seus encantos e nos poupar de Sua ira. Certamente, Allah ouve e responde nossas suplicas.

Fonte: Islamtoday


Unicidade e Luz
Explicando o Islam de forma clara e simples